Ex-mandatário peruano Toledo lança candidatura à Presidência

O ex-mandatário peruano Alejandro Toledo lançou na quarta-feira sua candidatura presidencial para 2011 e disse que seu desejo é fazer chegar aos mais pobres os benefícios do boom econômico do país.

REUTERS

10 de novembro de 2010 | 22h00

Toledo, quem governou o Peru entre 2001 e 2006 e é o primeiro a lançar publicamente sua candidatura às eleições gerais de abril, está em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto.

"Volto para construir uma vida melhor, por preços mais estáveis nos mercados, com emprego mais digno e bem remunerado", disse Toledo em declaração, sem falar com a imprensa.

De acordo com a última pesquisa eleitoral, o ex-prefeito de Lima, o pragmático Luis Castañeda, lidera as pesquisas com 24 por cento das preferências, seguido pela parlamentar conservadora e filha do ex-presidente Alberto Fujimori, Keiko Fujimori, com 23 por cento.

Toledo tem 16 por cento das intenções de voto.

No quarto lugar está o militar retirado e líder nacionalista Ollanta Humala, com 11 por cento.

Os três primeiros aspirantes são considerados promotores do investimento privado, enquanto que Humala ainda assusta os investidores, apesar de ter moderado seu discurso radical.

Segundo as pesquisas, nenhum dos presidenciáveis conquistaria mais de 50 por cento dos votos para vencer já no primeiro turno.

(Reportagem de Marco Aquino)

Tudo o que sabemos sobre:
PERUELEICOESTOLEDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.