Ex-presidente do Congresso colombiano é preso

O ex-presidente do Congresso da Colômbia e atual senador Javier Cáceres foi preso na terça-feira por ordem da Suprema Corte de Justiça, que o investiga por sua suposta ligação com os esquadrões paramilitares de extrema direita.

REUTERS

14 de setembro de 2010 | 22h02

O político, do Partido Mudança Radical que integra a coalizão de governo do presidente Juan Manuel Santos, foi preso na saída do Congresso por agentes do Ministério Público e levado para a sede do organismo.

"Estou tranquilo... tenho absoluta segurança de que todas as acusações contra mim serão esclarecidas", disse o parlamentar ao entrar no prédio do Ministério Público.

O senador, que foi presidente do Congresso entre 2009 e 2010, é acusado por ter supostos vínculos com os esquadrões paramilitares de extrema direita com os quais aparentemente fez acordos que facilitaram sua eleição.

Sua captura faz parte de um processo que levou à prisão mais de 30 parlamentares com supostas ligações com esses grupos armados ilegais.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)

Tudo o que sabemos sobre:
COLOMBIACONGRESSOPRENDE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.