Exército da Colômbia mata 3 rebeldes e detém 15 das Farc

Enfrentamentos com militares ocorreram em uma zona rural do município de San Juan de Arama

Efe,

19 de dezembro de 2009 | 20h07

O Exército colombiano informou neste sábado, 19, ter matado três membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) no departamento (estado) de Meta e detido outros 15 possíveis integrantes de uma rede de apoio à guerrilha em Arauca.

 

Os três terroristas, da coluna Edwin Suárez das Farc, morreram nas últimas horas em enfrentamentos com militares em uma zona rural do município de San Juan de Arama, em Meta.

 

Segundo o Exército, a coluna é encarregada de dar segurança ao chefes do bloco leste das Farc e é comandada pela guerrilheira conhecida como "Liliana Suárez", sobrinha de "Mono Jojoy", o chefe militar do grupo.

 

Durante a operação em Meta os militares confiscaram quatro fuzis, 916 cartuchos de diferentes calibres, dez minas antipessoais e quatro granadas.

 

Em uma operação conjunta do Departamento Administrativo de Segurança (DAS) e do Exército no departamento de Arauca, fronteiriço com a Venezuela, permitiu a detenção de 15 supostos integrantes de uma rede de apoio às Farc.

Tudo o que sabemos sobre:
exercitoColombiaFarc

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.