Explosão atinge canal de TV do Chile

Um artefato explosivo foi detonado nanoite de quinta-feira a poucos metros de um canal privado datelevisão do Chile, mas não deixou feridos nem causou danosgraves. Segundo imagens do próprio canal 13, desconhecidos cortarama grade do pátio traseiro do local para lançar uma bomba deruído e panfletos com textos questionando o papel dos meios decomunicação. Nenhum grupo assumiu a autoria do ataque, mas nos folhetoshá convocações para protestos no próximo dia 11 de setembro,quando se relembra o aniversário do golpe de estado lideradopelo ex-ditador Augusto Pinochet em 1973. Segundo testemunhas, a explosão aconteceu no momento em queo ministro da Fazenda, Andrés Velasco, gravava uma entrevistaem um estúdio do canal e quando dezenas de pessoas formavamfila na entrada para participar de um programa ao vivo. A explosão aconteceu uma dia depois de grandes protestos noChile exigindo melhorias nas condições trabalhistas quedeixaram saldo de dezenas de feridos e 700 detidos. (Por Mónica Vargas)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.