Explosão de fogos de artifício mata ao menos 11 no México

Pelo menos 11 pessoas morreram, entre elas uma criança, e dezenas ficaram feridas nesta sexta-feira quando explodiu parte dos fogos de artifícios que um grupo de peregrinos levava numa caminhonete na qual viajavam na zona central do país.

Reuters

15 de março de 2013 | 22h02

A explosão aconteceu quando um foguete aceso caiu sobre o carregamento que seria usado para a festa religiosa à qual os peregrinos se dirigiam e pode ter sido lançado por acidente de outro veículo ou por um dos participantes que acompanhavam os fiéis, disse o chefe da Defesa Civil de Tlaxcala, José Mateo Morales.

As primeiras versões indicavam que 70 pessoas haviam ficado feridas, mas horas depois o número foi reduzido para 36 pessoas, afirmou um porta-voz da Defesa Civil de Tlaxcala, que disse que entre os mortos havia uma criança.

Oito homens e duas mulheres também morrerem.

"Ele iam festejar o santo patrono (da cidade). Sim, havia várias crianças... não sabemos neste momento quantas", disse um porta-voz do município de Nativitas, onde está o povoado de Jesús Tepactepec, onde aconteceu o acidente, entre os Estados de Tlaxcala e Puebla.

Uma testemunha da Reuters afirmou que soldados do Exército chegaram ao lugar e isolaram a área da explosão, que também danificou pelo menos dois veículos.

(Reportagem de Lizbeth Díaz e Imelda Medina)

Tudo o que sabemos sobre:
MEXICOFOGOSMORTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.