Explosão mata dois policiais no norte do México

Um dispositivo explodiu um carro nesta terça-feira em Ciudad Victoria, no norte do México, matando dois policiais e ferindo outros quatro em um ataque com marcas dos cartéis de drogas, afirmou a polícia.

Reuters

03 de julho de 2012 | 17h20

A bomba improvisada, dois dias após a eleição presidencial, foi uma vingança pelas recentes prisões de membros de gangues, afirmou o escritório do procurador-geral do Estado de Tamaulipas em comunicado à imprensa.

A bomba explodiu pouco depois da meia-noite no lado de fora da casa do secretário de segurança de Tamaulipas, onde policiais montaram guarda, segundo o documento.

Especialistas isolaram o local do incidente e avaliavam o tipo de material explosivo usado. O dispositivo provavelmente foi acionado por celular, de acordo com a mídia local.

Tem havido uma onda de ataques recentes utilizando dispositivos explosivos improvisados em carros, no nordeste do México, onde o cartel Zetas disputa com rivais o controle das rotas de tráfico de drogas para os Estados Unidos.

(Reportagem de Ioan Grillo e Lizbeth Diaz)

Mais conteúdo sobre:
MEXICOEXPLOSAOPOLICIAIS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.