Explosão parte avião em dois na Colômbia; oito são feridos

Bomba de gás lacrimogêneo explode no interior de aeronave da polícia colombiana em terminal aéreo

Efe,

19 de fevereiro de 2009 | 10h08

Pelo menos oito pessoas ficaram feridas na explosão acidental de uma bomba de gás lacrimogêneo no interior de um avião da polícia na quarta-feira, 18. O general Dagoberto Rodríguez, comandante da Polícia de Medellín (noroeste), contou à imprensa que a explosão, que partiu em dois o avião da corporação, aconteceu no aeroporto de Medellín. Foto: AP Segundo o oficial, a aeronave iria transportar 27 agentes do Batalhão de Choque ao departamento (estado) de Chocó (oeste), onde nesta quinta está prevista uma greve. A explosão aconteceu às 15h10 (17h10 de Brasília). Para investigar o ocorrido, foram enviados a Medellín os generais Guillermo Aranda e Álvaro Caro Meléndez, inspetor e diretor antinarcóticos, respectivamente. "Segundo as primeiras avaliações médicas, quatro dos feridos, que foram enviados para a Policlínica de Medellín e para a Clínica das Américas, apresentam ferimentos consideráveis, ao passo que outros quatro só apresentaram sintomas de atordoamento", contou o general Rodríguez. O acidente causou a suspensão temporária das operações no terminal aéreo.

Tudo o que sabemos sobre:
Colômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.