Explosões atingem batalhão do Exército da Colômbia

Autoridades falam em dois mortos e sete feridos; não há explicação da causa das detonações

29 de dezembro de 2007 | 16h16

Explosões em um quartel do Exército colombiano em Medellín, neste sábado, deixaram dois mortos e sete feridos, informa a Rádio Caracol da Colômbia. De acordo com a rádio, à primeira explosão, atribuída a uma granada, seguiram-se outras seis, todas no interior da guarnição militar.   Autoridades tentam determinar se as detonações tiveram início no paiol de munições, mas alguns soldados que testemunharam o evento afirmam que a cadeia de explosões começou na cozinha.   No momento das explosões, tinha lugar no quartel uma formatura de militares. Em apelo transmitido por rádio, o comandante militar do distrito nordeste de Medellín, coronel  Joaquín Enrique Aldana, pediu que os moradores do bairro de Buenos Aires abandonem suas casas.

Tudo o que sabemos sobre:
colômbiamedellín

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.