Farc libertam ex-deputado na selva da Colômbia--Cruz Vermelha

As Farc libertaram nesta quinta-feira na selva da Colômbia o ex-deputado Sigifredo López, na última libertação unilateral da guerrilha esta semana após outros cinco reféns terem reencontrado suas famílias, informou a Cruz Vermelha. O político, de 45 anos e que permaneceu quase sete anos sequestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), fazia parte de um grupo de reféns que os rebeldes buscam trocar por 500 guerrilheiros presos. López foi entregue em algum lugar da selva no sudoeste do país a uma missão humanitária liderada pela senadora Piedad Córdoba e que contou com o apoio logístico do Brasil. No domingo e na terça-feira, as Farc libertaram três policiais, um soldado e o ex-governador do departamento de Meta Alan Jara, no que disseram ser um gesto de paz para facilitar um acordo para que 22 efetivos das Forças Armadas ainda sequestrados sejam trocados por rebeldes presos em cárceres do país. Com a libertação, as Farc buscam ganhar espaço político e melhorar sua imagem internacional depois dos golpes sofridos recentemente, incluindo a morte de importantes líderes, o resgate de Ingrid Betancourt e a deserção de milhares de combatentes, segundo analistas. (Reportagem de Helen Popper, texto de Luis Jaime Acosta)

REUTERS

05 de fevereiro de 2009 | 15h59

Tudo o que sabemos sobre:
COLOMBIAEXDEPUTADOLIVRE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.