Farc libertariam ex-senador colombiano em breve

Um ex-senador sequestrado háseis anos pela maior guerrilha esquerdista da Colômbia pode serlibertado em breve, afirmou na quarta-feira a mulher dele, quefoi informada da manobra por uma parlamentar próxima dopresidente da Venezuela, Hugo Chávez, e dos rebeldes. Lucy de Gechem, mulher do senador Jorge Eduardo Gechem,disse que não possuía detalhes sobre a libertação doex-senador, sequestrado no dia 20 de fevereiro de 2002 quandoguerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia(Farc) obrigaram a tripulação de um avião no qual ele viajava aaterrissar em uma estrada do sul do país. "Acabo de receber uma saudação da senadora Piedad Córdobadizendo que não poderá comparecer à missa realizada nestemomento em nome da libertação de meu marido, Jorge EduardoGechem, e pedindo que se comunique a Huila (região doex-senador) que Jorge Eduardo será libertado dentro em breve eque se aguardem notícias nos próximos dias", afirmou a mulherdo político à rádio Caracol. A senhora Gechem disse não saber se seu marido, que ocupavao cargo de presidente da comissão de paz do Senado à época dosequestro, seria libertado junto com outros três congressistasa serem entregues pelas Farc a Córdoba e ao presidentevenezuelano. "Ela (Córdoba) telefonou para mim de Caracas, mas disse queamanhã chegaria a Bogotá e que nos veríamos amanhã, aqui",afirmou. (Reportagem de Nelson Bocanegra)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.