Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Farc matam 3 menores e ferem 10 na Colômbia, diz polícia

Rebeldes lançaram morteiros contra batalhão da polícia em povoado, mas civis acabaram sendo atingidos

Efe,

13 de janeiro de 2009 | 18h29

Pelo menos três menores morreram e dez pessoas ficaram feridas nesta terça-feira, 13, em um ataque das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) no povoado de Roberto Payán (sudoeste), informaram fontes oficiais. O chefe de Polícia da região, coronel William Alberto Montecinos, confirmou à emissora "RCN" que o ataque foi cometido com morteiros e que, no momento, os feridos estão sendo levados para o hospital.   Veja também: Guerrilheiros das Farc desertam e libertam 2 reféns Por dentro das Farc  Histórico dos conflitos armados na região     "Temos a informação de que três menores de idade estariam mortos e de que haveria aproximadamente dez feridos. A evacuação destes está sendo coordenada com o Exército", disse o oficial. Montecinos acrescentou que rebeldes das Farc lançaram morteiros contra o batalhão da Polícia de Roberto Payán.   Porém, como o local estava protegido, os projéteis fizeram vítimas entre a população civil. "Os membros da polícia no local saíram ilesos", declarou o policial. As autoridades já deram início ao transporte dos feridos. Além disso, começaram a perseguir os rebeldes responsáveis pelo ataque.   "Estamos em coordenação com a Força Aérea e o Exército para identificar os responsáveis e persegui-los", disse Montecinos. No departamento de Nariño, na fronteira com o Equador e onde fica Roberto Payán, operam guerrilheiros das Farc, do Exército de Libertação Nacional (ELN), paramilitares e quadrilhas de narcotraficantes.

Tudo o que sabemos sobre:
FarcColômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.