Farc matam três policiais em povoado na Colômbia

Supostos milicianos lançaram granadas e outros explosivos contra sede da polícia de Toribío

Efe,

19 de dezembro de 2007 | 03h53

Três policiais morreram nesta terça-feira, 18, durante um ataque de supostos membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) a um quartel no município de Toribío, no departamento colombiano de Cauca, no sudoeste do país, informaram fontes oficiais. Veja também:Colômbia pede que Chávez não ofenda UribeChávez diz acreditar na libertação de reféns e critica UribeFarc estão próximas de soltar até três reféns, diz CubaMãe volta a pedir libertação de Ingrid Uribe acusa político dos EUA por falta de acordo O ataque foi confirmado pelo prefeito Arquímedes Vitonás. Ele afirmou que foi uma "estocada curta, mas intensa" contra a sede da polícia do município, que fica a cerca de 550 quilômetros de Bogotá. Aparentemente os supostos milicianos das Farc lançaram granadas e outros explosivos e dispararam rajadas contra os policiais. Algumas casas vizinhas ao quartel foram afetadas "mas felizmente entre os civis não houve vítimas nem feridos", acrescentou Vitonás. A polícia e o Exército realizam uma operação especial para tentar impedir a retirada dos supostos guerrilheiros.

Tudo o que sabemos sobre:
ColômbiaFarcataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.