Farc seqüestram nove pessoas no oeste da Colômbia

Governo diz que oito das 17 pessoas levadas pela guerrilha já foram libertadas, incluindo duas crianças

Efe,

18 de julho de 2008 | 15h06

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia seqüestraram nove pessoas que viajavam em uma lancha pelo rio Atrato, no departamento de Chocó (oeste), segundo informaram nesta sexta-feira, 18, autoridades locais.   Veja também: Por dentro das Farc  Histórico dos conflitos armados na região      O governador de Chocó, Patrocinio Sánchez, disse que oito das 17 pessoas que foram seqüestradas inicialmente pela frente 34 das Farc já foram libertadas. "Até o momento foram resgatados oito dos seqüestrados, sendo eles seis adultos e duas crianças", disse o governador.   Sánchez disse ainda que os resgatados informaram que um outro grupo de seqüestrados já foi libertado pelos rebeldes, e afirmou que as tropas estão tratando localizá-los."Eles estão em poder da frente 34 das Farc, que opera nessa região do Atrato. Os oficiais nos confirmaram que os libertados estão em boas condições", acrescentou.   Além disso, o governador indicou que existe a possibilidade de que os guerrilheiros tenham outras quatro pessoas que também embarcaram em seu poder.

Tudo o que sabemos sobre:
FarcColômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.