Fidel Castro está 'vivinho', diz Chávez

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, afirmou no sábado que o líder cubano Fidel Castro está "vivinho", um dia depois de dizer que o aliado estava "trabalhando e escrevendo". Há um mês Castro não publica seus artigos, um prolongado silêncio editorial que alimentou as especulações de que sua saúde esteja piorando. "Por certo andam outras vezes com o rumor de que Fidel morreu. Fidel está vivinho. Vamos mandar a ele um grito, um abraço, viva Fidel", disse o governante da Venezuela durante um ato em comemoração ao início da campanha em favor ao referendo sobre a emenda constitucional que pode lhe garantir a reeleição. O convalescente líder cubano, de 82 anos, que entregou o poder a seu irmão Raúl Castro, não é visto em público desde que foi submetido a uma cirurgia intestinal, em julho de 2006. Castro publicou sua última "reflexão" no dia 15 de dezembro. Depois disso, a imprensa cubana só divulgou uma curta felicitação assinada por ele em razão do aniversário de 50 anos da revolução que o levou ao poder. No domingo passado, em seu programa de rádio e televisão "Alô, Presidente", Chávez sugeriu que os cubanos não voltarão a ver Castro. (Reportagem de Deisy Buitrago)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.