Fidel critica seguidores cubanos de blogueira Yoani Sánchez

Em novo livro, ex-lider de Cuba ataca jovens que pensam como a cubana premiada pelo jornal 'El País'

Efe,

18 de junho de 2008 | 15h15

O ex-líder cubano Fidel Castro criticou "jovens cubanos que pensam" como a blogueira Yoani Sánchez e a "imprensa neocolonialista da antiga metrópole espanhola que os premia", segundo afirma no prólogo que escreveu para um livro sobre uma visita que fez à Bolívia em 1993. Fidel, Bolivia y Algo Más... foi colocado à venda nesta semana na ilha.   Veja também: TV cubana mostra primeiras imagens de Fidel desde janeiro Blog de Yoani Sánchez   O livro inclui o texto de Fidel datado de 4 de junho último e no qual critica Yoani, premiada em abril pelo jornal espanhol El País pelo seu blog, intitulado Geração Y. A blogueira, formada em Filologia Hispânica, abriu uma página pessoal na internet na qual critica o estilo de vida cubano. Ela não conseguiu viajar à Espanha para receber o prêmio do El País porque as autoridades cubanas não autorizaram sua saída.   "Recentemente li a declaração de uma jovem cubana que tinha solicitado permissão para receber um dos tantos prêmios propiciados pelo imperialismo para movimentar as águas de seu moinho", diz Fidel.   O ex-líder cubano cita a seguir declarações nas quais a blogueira explica que não é opositora ou possui motivações políticas. "O grave não são as afirmações divulgadas imediatamente por meios de comunicação do imperialismo, mas sua difusão como instruções reservadas. O pior é a existência de jovens cubanos que pensem assim", declara.   O líder revolucionário, que completará 82 anos em 13 de agosto, indica que o objetivo de seu texto é "desmascarar os métodos pérfidos e cínicos do império."

Mais conteúdo sobre:
Fidel CastroCuba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.