Fidel diz não estar em condições de falar em público

O líder cubano Fidel Castro disse nestaquarta-feira em um editorial que ainda não está em condiçõesfísicas de falar em público, depois de mais de 17 mesesafastado do poder por motivos de saúde. O comentário de Fidel chega poucas horas depois de ter sereunido com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Depois doencontro, Lula disse que Fidel estava com a "saúde impecável" eque o achou lúcido e pronto para assumir um "papel político." "Faço o que posso: escrevo", disse Fidel num textopublicado pelo jornal Granma, do Partido Comunista. O líder cubano, que hoje tem 81 anos, transferiu o poderpara o irmão Raúl no dia 31 de julho de 2006, por causa de umacirurgia no sistema digestivo. Não foram revelados maisdetalhes da doença, e Fidel não apareceu mais em público desdeentão, exceto por foto e vídeo. Nas fotos do encontro com Lula, publicadas na quarta-feirapelo Granma, Fidel está magro mas animado, usando um agasalhoesportivo sobre o pijama. Apesar da longa convalescença, Fidel foi inscrito comocandidato nas eleições parlamentares de domingo por um distritode Santiago de Cuba, no extremo oriental da ilha. Em Cuba nãohá campanha eleitoral, mas os candidatos visitam os distritoseleitorais para conversar com os eleitores, e é isso que Fidelse disse incapacitado de fazer. Se ele for eleito para o Parlamento, fica aberta a portapara sua reeleição em março como presidente do Conselho deEstado, cargo que ocupa há mais de três décadas. Em dezembro, no entanto, o líder disse que não pretendia seapegar ao poder nem obstruir o surgimento de novas lideranças. No texto de quarta-feira, Fidel, famoso por seus discursosde horas e horas, disse que não falar em público está sendo uma"experiência nova." "O que é bom se espera, o que é ruim surpreende edesmoraliza. Estar preparado para o pior é a única forma de sepreparar para o melhor," escreveu. No editorial, ele também fazcríticas ao presidente dos Estados Unidos, George W. Bush. (Reportagem de Esteban Israel)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.