Fidel está pronto para papel político em Cuba, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silvaencerrou na terça-feira sua viagem a Cuba com uma reunião comFidel Castro, da qual saiu dizendo que o líder cubano estápronto para reassumir seu "papel político". Fidel, de 81 anos, não aparece em público há 17 meses,desde que se afastou para tratar uma doença intestinal quequase o matou. Foi substituído interinamente desde então porseu irmão Raúl. "Está com uma lucidez incrível, com uma saúde impecável",disse Lula a jornalistas no aeroporto de Havana, minutos antesde pegar o avião de volta ao Brasil. Ele havia passado duashoras e meia com Fidel. "Penso que Fidel está pronto para assumir o papel políticoque ele tem em Cuba e assumir o papel histórico que tem nahistória do mundo globalizado e da humanidade", acrescentou. Não ficou imediatamente claro a que tipo de papel Lula sereferia. No mesmo discurso proferido no aeroporto ao término davisita de 24 horas à ilha, ele convidou Raúl para visitar oBrasil no futuro. Duas imagens feitas durante o encontro e entregues pelogoverno cubano a jornalistas mostram Fidel e Lula conversando,sentados, em um lugar não revelado de Havana. Em uma das imagens, Lula aparece fotografando Fidel, queposa sorridente, em uma poltrona, com o rosto apoiado em umamão e vestindo agasalho esportivo. Foram as primeiras fotos de Fidel publicadas desde 14 deoutubro, quando ele recebeu uma das frequentes visitas dopresidente venezuelano, Hugo Chávez, seu maior aliado naatualidade. Lula declarou em Cuba ser um "apaixonado" pela revoluçãoque levou Fidel ao poder em 1959. Contou também que, durante o encontro de terça-feira, Fidelfalou durante duas horas, enquanto o próprio Lula só falou pormeia hora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.