Fidel reaparece na instalação de novo Parlamento em Cuba

O líder cubano Fidel Castro, que governou o país por 49 anos, reapareceu no domingo na sessão de abertura da Assembleia Nacional, depois de se ausentar repetidamente devido a uma doença grave que sofreu em 2006.

Reuters

24 de fevereiro de 2013 | 13h21

Segundo a agência de notícias estatal AIN, Fidel, 86, e o presidente cubano, seu irmão Raul Castro, participaram de uma sessão solene da Assembleia Nacional, no Palácio das Convenções.

A imprensa estrangeira tem acesso apenas à sessão de encerramento, à tarde, quando fala o presidente cubano.

Fidel continua a ser um deputado após renunciar de todos os cargos, incluindo o de primeiro-secretário do Partido Comunista de Cuba (PCC).

A Assembleia Nacional (Parlamento) é o órgão supremo do poder do Estado.

O ex-presidente cubano foi visto pela última vez na televisão estatal curvado e com uma longa barba branca falando com a imprensa.

(Por Nelson Acosta)

Tudo o que sabemos sobre:
CUBAFIDELPARLAMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.