Filha de Fujimori está em 2o na briga pela presidência do Peru

A disputa para a eleição presidencial de 2011 no Peru continua acirrada, com o atual prefeito da capital liderando as preferências do eleitorado e a filha do ex-presidente Alberto Fujimori seguindo-o de perto em segundo lugar, mostrou uma pesquisa nesta segunda-feira.

REUTERS

16 Novembro 2009 | 15h20

No entanto, uma alta porcentagem de eleitores --19 por cento-- ainda espera que surja outro candidato, segundo a pesquisa realizada pela empresa Ipsos Apoyo e publicada no jornal El Comercio.

Luis Castañeda, o prefeito de Lima que concentra a maior praça eleitoral do país andino, continua em primeiro lugar com 23 por cento das intenções de voto. Keiko Fujimori, cujo pai foi condenado a 25 anos de prisão por abusos aos direitos humanos, está agora no segundo lugar com 22 por cento. Em terceiro lugar está este outro candidato.

O nacionalista e o rosto mais visível da oposição, Ollanta Humala, caiu para o quarto lugar nas intenções de voto, com cerca de 12 por cento.

Humala, um aliado do presidente socialista da Venezuela, Hugo Chávez, inquietou os investidores quando quase foi eleito presidente em 2006 com promessas de abandonar a política de livre mercado que atraiu bilhões de dólares em investimentos estrangeiros ao país.

(Reportagem de Patricia Vélez)

Mais conteúdo sobre:
PERU ELEICOES FUJIMORI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.