Filha de Fujimori oficializa candidatura a presidente do Peru

Keiko Fujimori, filha do ex-presidente peruano Alberto Fujimori, formalizou na terça-feira sua candidatura ao governo do país em 2011, prometendo diante de centenas de partidários fazer uma segunda geração de reformas para manter o forte crescimento econômico e intensificar a redução da pobreza.

REUTERS

07 de dezembro de 2010 | 20h02

A popular deputada conservadora, de 34 anos, aparece entre os três líderes nas pesquisas eleitorais. Na mais recente delas, do instituto Datum, o ex-presidente Alejandro Toledo lidera com 26 por cento das intenções de voto, segundo por Keiko, com 22 por cento, e pelo ex-prefeito de Lima Luis Castañeda, com 21.

Keiko lançou sua candidatura em um bairro pobre de Lima, bem longe da prisão onde seu pai cumpre pena por abusos aos direitos humanos durante o governo dele (1990-2000).

Vestindo camiseta branca e calça jeans, a candidata prometeu "trabalhar por todos os peruanos, sobretudo os mais pobres", levando até eles os benefícios do forte crescimento econômico do país. Embora o PIB peruano deva crescer 8,5 por cento neste ano, um terço da população ainda vive na pobreza.

(Reportagem de Patricia Vélez)

Tudo o que sabemos sobre:
FUJIMORIFILHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.