Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Filha se diz 'angustiada' com estado de Betancourt

Ex-reféns libertados asseguraram que estado de saúde da ex-candidata é frágil

Efe,

28 de fevereiro de 2008 | 06h39

A filha de Ingrid Betancourt, Melanie Delloye, se mostrou nesta quinta-feira, 28, "extremamente angustiada" com o estado de sua mãe, após as declarações feitas por ex-reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) libertados na última quarta-feira. Veja também:Quatro reféns libertados pelas Farc chegam à VenezuelaFarc libertam mais 4 reféns, diz Cruz VermelhaMinistro diz que Farc não entregaram provas de vida dos refénsPor dentro das FarcReféns colombianos: do seqüestro à liberdadeQuem são os 4 reféns libertados na Colômbia "É extremamente inquietante, e sei que o tempo está realmente contado. Mamãe está viva, mas não sei por quanto tempo", desabafou a jovem. Dois dos quatro ex-parlamentares colombianos libertados na quarta-feira, 27, pela guerrilha revelaram que a refém está "muito mal", incluindo Luis Eladio Pérez, que disse ter visto Ingrid Betancourt no último dia 4. O ex-legislador assegurou que Ingrid Betancourt, seqüestrada desde fevereiro de 2002, tem "problemas físicos, e está sendo muito maltratada pela guerrilha". O presidente venezuelano, Hugo Chávez, pediu ao líder das Farc, Manuel Marulanda, que ordene com urgência a transferência da ex-candidata à Presidência da Colômbia, enquanto sua libertação segue sendo negociada. "Espero que as Farc e o governo colombiano façam um acordo humanitário o mais rápido possível", disse hoje a filha da refém.

Tudo o que sabemos sobre:
FarcrefénsIngrid Betancourt

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.