Forte terremoto abala Guatemala e sul do México e deixa ao menos 3 mortos

Um forte terremoto atingiu a Guatemala e o sul do México nesta segunda-feira, provocando rachaduras em edifícios e deslizamentos de terra, além de ter deixado ao menos três mortos, disseram autoridades.

REUTERS

07 de julho de 2014 | 11h05

O sismo de magnitude 7.1 foi registrado em San Marcos, perto da fronteira da Guatemala com o México, e um porta-voz da corporação local de bombeiros disse que havia o registro de duas mortes.

"Este terremoto foi muito forte. Há casas destruídas", disse Luis Rivera, governador da região de San Marcos, também atingida por um sismo de magnitude 7.4 no final de 2012, que causou a morte de 48 pessoas.

Prédios da cidade ficaram com rachaduras e houve também deslizamentos de terra na região, segundo autoridades locais.

Raúl Hernández, porta-voz da corporação dos bombeiros na Guatemala, afirmou que sua unidade na região de San Marcos havia reportado danos em 30 casas e a morte de duas pessoas.

O epicentro do terremoto se situou 35 quilômetros a sudoeste da cidade de Tapachula, no Estado mexicano de Chiapas, a uma profundidade de 75 quilômetros, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

Autoridades de Chiapas disseram que não havia, por ora, informações sobre danos maiores. O sismo também foi sentido em El Salvador.

(Reportagem de Mike McDonald na Cidade da Gautemala e Bill Trott em Washington)

Tudo o que sabemos sobre:
MEXICOGUATEMALATERREMOTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.