Forte terremoto atinge o sul do México

Tremor de 6,6 graus ocorreu na fronteira com a Guatemala; ainda não há informações de danos ou vítimas

Efe,

16 de outubro de 2008 | 17h27

Um tremor de 6,6 graus na escala Richter abalou nesta quinta-feira, 16, o Estado mexicano de Chiapas, no sudeste do país, embora por enquanto não se tenha informado sobre vítimas ou danos materiais, afirmou o Serviço Sismológico Nacional (SSM). As primeiras informações do SSM dizem que o terremoto aconteceu às 14h41 (16h41, Brasília), com epicentro próximo à costa de Chiapas.   O subsecretário de Defesa Civil de Chiapas, Luis Manuel García, explicou que, segundo os depoimentos dos cidadãos, o tremor foi sentido com muita força principalmente em Tapachula, na fronteiracom Guatemala, Tuxtla Gutiérrez, a capital do estado, e San Cristóbal de las Casas, na serra.   Segundo o funcionário, o epicentro se situou 97 quilômetros ao sudoeste de Cidade Hidalgo, no litoral de Chiapas, em pleno oceano Pacífico. O movimento causou a destruição de alguns vidros na capital eprovocou rachaduras em muros, gerando pânico em alguns cidadãos, principalmente entre os que se encontravam em edifícios mais altos, que foram atendidos pelos serviços de emergência.   Além disso, aconteceu a suspensão momentânea do serviço telefônico. García informou que foi feito um apelo à população para que mantenha a calma perante as possíveis réplicas do sismo que poderiamser registradas nas próximas horas. Na Cidade do México, o movimento se sentiu com menor intensidade, até o ponto que na maior parte da metrópole passou despercebido.

Tudo o que sabemos sobre:
Méxicoterremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.