Furacão Frank ganha força na costa do México após matar cinco

O furacão Frank se fortaleceu ligeiramente nesta quinta-feira no Pacífico mexicano distante da costa, mas pode voltar a tocar o continente nos próximos dias, já enfraquecido, informou o Centro de Furacões dos Estados Unidos.

REUTERS

26 de agosto de 2010 | 18h50

Frank, que matou ao menos cinco pessoas no sul do México, se encontrava a 535 quilômetros ao sul da península de Baja California, com ventos máximos sustentados de 150 quilômetros por hora e velocidade de 17 quilômetros por hora a oeste, segundo o Centro.

"Frank é de categoria um na escala Saffir Simpson. Um enfraquecimento gradual é esperado para esta noite e para sexta-feira, seguido de um enfraquecimento contínuo no sábado, enquanto o Frank se move sobre águas frias", disse o Centro em um relatório.

No Estado de Oaxaca, onde houve inundações em ao menos 75 municípios devido às chuvas torrenciais, cinco pessoas morreram -- duas crianças e três homens.

Além de Oaxaca, o Frank causou fortes chuvas no Estado de Guerrero, também no sul do país.

Não foram emitidos alertas devido o furacão, informou o Centro.

(Reportagem de Nadia Altamirano, em Oaxaca, e Miguel Angel Gutiérrez, na Cidade do México)

Tudo o que sabemos sobre:
MEXICOFRANKFORCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.