Furacão Frank mata pelo menos três pessoas no sul do México

O furacão Frank, que se distanciava do litoral mexicano no Oceano Pacífico nesta quarta-feira após alcançar categoria um, deixou ao menos três mortos durante sua passagem pelo Estado de Oaxaca, ao sul, afirmaram autoridades.

REUTERS

25 de agosto de 2010 | 20h17

Uma criança morreu nesta quarta-feira após cair de um barranco, encharcado pela chuva, perto de sua casa em uma área rural. Outras duas crianças ficaram feridas no incidente.

Na madrugada de terça-feira, dois homens morreram após a casa em que estavam ter sido atingida em uma região montanhosa ao norte de Oaxaca, disseram autoridades.

Frank, que causou fortes chuvas em alguns Estados, estava a 385 quilômetros ao sul de Cabo Corrientes, com ventos máximos sustentados de 120 quilômetros por hora e velocidade de 20 quilômetros por hora, segundo relatório do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

"Frank se move um pouco mais rápido a oeste-noroeste", disse o Centro no documento.

É possível que o furacão Frank se fortaleça ao distanciar-se da costa mexicana, informou o Centro. No entanto, não foram emitidos alertas.

(Reportagem de Nadia Altamirano e Adriana Barrera)

Tudo o que sabemos sobre:
MEXICOFRANKFURACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.