Furacão Gustav chegará a Cuba em forte intensidade

Ventos ultrapassaram os 130 km/h nas proximidades das ilhas Cayman

EFE

30 de agosto de 2008 | 02h38

O furacão "Gustav" deixará nas próximas horas as ilhas Cayman e chegará na parte ocidental de Cuba no sábado como um ciclone de forte intensidade, possivelmente de categoria três, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos em seu boletim da meia-noite (horário de Brasília). O NHC confirmou que o "Gustav" vai continuar ganhando força nas próximas 48 horas até se transformar em um perigoso furacão. Os ventos do "Gustav" ultrapassaram os 130 km/h nas proximidades das ilhas Cayman. O furacão segue na mesma trajetória rumo à parte ocidental de Cuba e às plataformas petrolíferas do Golfo do México. O "Gustav" passará pelas proximidades do oeste de Cuba no sábado à tarde, antes de entrar no Golfo do México rumo ao estado americano da Louisiana (EUA), zona que foi devastada em 2005 pelo ciclone "Katrina".

Tudo o que sabemos sobre:
CubafuracãoGustav

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.