Nasa /EFE
Nasa /EFE

Furacão Katia deve perder força e se tornar tempestade tropical

Tormenta é uma das três simultâneas na região, junto com furacões Irma e Jose

O Estado de S. Paulo

09 Setembro 2017 | 10h38

O furacão Katia, que chegou ao México na noite desta sexta-feira, perdeu força e deve ser rebaixado para a categoria de tempestade tropical, com ventos de 55 km/h. A informação foi confirmada pelo Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês).

 

Segundo os últimos boletins divulgados pelo NHC, a tormenta se encontrava ao norte da cidade de Tecolutla, cidade de 25 mil habitantes ao norte de Veracruz. Como furacões são alimentados pela água dos oceanos, a entrada do Katia no continente tirou sua força, rebaixando-o de nível. A expectativa é de que a tempestade se dissipe nas montanhas mexicanas.

 

Mesmo com a perda de força, Katia deve trazer inundações ao norte de Veracruz e ao menos outras duas regiões do México. Já estados como Puebla, Tamaulipas e San Luís de Potosí deverão receber chuvas mais leves.

 

Até ontem, o Katia era um dos três furacões simultâneos na América Central – enquanto o Irma se aproxima de Cuba e já causa apreensão os Estados Unidos, o Jose segue pelas Antilhas e deve seguir em direção ao oceano./ COM INFORMAÇÕES DA EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.