Furacão mata três na Nicarágua

"Alma" atinge 1.284 casas e deixa 6.410 desabrigados

EFE,

07 de junho de 2008 | 00h43

A tempestade tropical "Alma" e duas ondas tropicais deixaram na Nicarágua três mortos e 6.410 desabrigados, segundo um relatório entregue ao presidente Daniel Ortega, que retornou ao país depois de uma viagem por vários países latino-americanos, informaram nesta sexta-feira fontes oficiais. O portal do Governo "El Pueblo Presidente" informou que Ortega recebeu o relatório durante um encontro privado, realizado na sede do partido Sandinista, que funciona como Casa de Governo, com as autoridades do Sistema Nacional de Prevenção, Mitigação e Atendimento de Desastres. O chefe da Defesa Civil, coronel Mario Pérezcassar, disse que esses fenômenos deixaram um saldo de três pessoas mortas e 6.410 desabrigados, segundo o portal. Além disso, 17 casas foram destruídas, 1.045 semi-destruídas, 222 casas inundadas, para um total de 1.284 casas atingidas.

Tudo o que sabemos sobre:
furacão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.