Furacões Gustav e Ike provocam prejuízo de US$5 bilhões em Cuba

Os furacões Gustav e Ike causaram cercade 5 bilhões de dólares de prejuízos à economia cubana, comfortes efeitos sobre a agricultura e a infra-estrutura civil,disse o governo em uma avaliação preliminar publicada pelaimprensa local na terça-feira. Gustav passou pela ilha no dia 30 de agosto, enquanto Ikevarreu a ilha entre domingo e terça-feira da semana passada,derrubando árvores e postes com seus fortes ventos e chuvas,causa de inundações consideráveis. "Avaliações muito preliminares dos danos causados em menosde 10 dias, que atingiram todo o território nacional, mostramque ambos os furacões totalizam uma dívida de cerca de 5bilhões de dólares", disse um informe divulgado no Granma. As autoridades cubanas disseram que "a ação combinada dosfuracões Gustav e Ike(...) são, sem dúvida nenhuma, a maisdevastadora na história destes fenômenos meteorológicos emCuba, em relação à magnitude dos manos materiais queocorreram". Cuba registrou sete mortos depois da passagem dos furacõese disse que cerca de 3,2 milhões de pessoas foram retiradas desuas casas. A produção de açúcar foi afetada, devido àinundação das plantações. (Por Nelson Acosta)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.