General americano aponta ligação entre Farc e governo Chávez

Douglas Fraser afirmou que governo venezuelano dá apoio à guerrilha há vários anos

28 de abril de 2010 | 23h18

WASHINGTON- O general Douglas Fraser, chefe do Comando Sul do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, afirmou nesta quarta-feira, 28, que o governo da Venezuela mantém contatos com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), a quem dá apoio financeiro e logístico.    

 

Veja também:

linkColômbia descobre rede de tráfico de drogas ligada às Farc 

 

Em entrevista coletiva em Washington, o general disse que essa relação entre o governo Hugo Chávez e as Farc existe há vários anos. "Trata-se de apoio financeiro que reforça sua capacidade do ponto de vista logístico. Entendo que isso continua", disse Fraser.

 

No entanto, o militar americano indicou que não existem evidências de que membros das Farc estejam fazendo algum tipo de

operação em território venezuelano.

 

Em março deste ano, Fraser disse, em audiência no Congresso americano, que não contava com indícios de vínculos entre os guerrilheiros das Farc e o governo venezuelano.

 

Em outra audiência legislativa, o secretário de Estado adjunto para a América Latina, Arturo Valenzuela, indicou nesse mesmo mês que havia "certos indícios" dealgum tipo de ajuda da Venezuela às Farc.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.