Governo da Cidade do México reforça segurança

A decisão foi tomada após a explosão de uma bomba que deixou um morto e dois feridos

EFE

16 de fevereiro de 2008 | 02h29

O Governo da Cidade do México anunciou nesta sexta-feira que reforçou a segurança em regiões estratégicas da cidade, após a explosão de uma bomba que deixou um morto e dois feridos, e sugeriu que o crime organizado está por trás do atentado. "Vamos manter uma supervisão noturna esmerada e estaremos com o maior número de nossa frota veicular (patrulhas) disponível em operação", disse o titular da Secretaria de Segurança Pública, Joel Ortega em entrevista coletiva ao apresentar um relatório sobre as investigações da explosão. Sem precisar autoria da explosão da bomba, Ortega mencionou que não é tarefa da secretaria local atender assuntos que têm a ver com o crime organizado, mas sim colaborar com a segurança dos habitantes da capital, uma das mais povoadas do mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.