Governo de Cuba diz que relação com Rússia é 'promissora'

Após visita do vice premiê russo à ilha, chanceler destaca perspectiva de desenvolvimento de laços econômicos

Efe,

18 de setembro de 2008 | 18h42

O ministro das Relações Exteriores de Cuba, Felipe Pérez Roque, classificou nesta quinta-feira, 18, como "promissora" a situação das relações de seu país com a Rússia e destacou as perspectivas de desenvolvimento de laços econômicos.  Veja também:Especial: Depois da Guerra Fria "Parece ser promissora a situação das relações entre nossos países", disse o ministro em coletiva de imprensa, três dias depois de o vice-primeiro-ministro russo, Igor Sechin, fazer uma breve visita a Havana. Pérez Roque afirmou que "houve um processo de desenvolvimento das relações entre Rússia e Cuba" recentemente e considerou que "os intercâmbios entre ambos os governos darão um impulso às relações." O ministro destacou o avanço na identificação de áreas de cooperação nos setores econômicos, o aumento do comércio e dos investimentos, embora não tenha dado detalhes a respeito. O chanceler também ratificou o apoio de Cuba a Moscou com relação ao conflito entre Rússia e Geórgia pela situação na Ossétia do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
CubaRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.