Grupo armado mata nove pessoas no sul da Colômbia

Nove pessoas, incluindo quatro crianças,foram mortas no domingo em um ataque de um grupo armado em umaconflituosa região de selva ao sul da Colômbia, fronteiriça como Equador e com forte presença da maior guerrilha de esquerdado país, informou a polícia. O massacre aconteceu perto do município de Orito, nodepartamento de Putumayom, cerca de 500 quilômetros ao sudoestede Bogotá. A polícia não atribuiu de imediato o massacre a nenhumgrupo armado ilegal, mas a região é povoada pelas ForçasArmadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que de acordo comfontes de segurança se dedicam ao narcotráfico como fonte definanciamento. A Colômbia, com 42 milhões de habitantes, é assolada por umconflito interno de mais de quatro décadas que já matoumilhares de pessoas, a maioria civis. Tropas do Exército foram enviadas ao local do massacre paratentar encontrar os criminosos, que fugiram para a selva,informaram fontes policiais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.