Grupo convoca marcha na selva para libertar reféns das Farc

Um grupo de jovens convocou pelaInternet 1.000 pessoas para que entrem voluntariamente na selvada Colômbia, como parte de uma missão humanitária para resgatarpacificamente 40 pessoas sequestradas pelas Forças ArmadasRevolucionárias da Colômbia (Farc). A iniciativa, cujo objetivo é a libertação de váriospolíticos, incluindo a ex-candidata presidencial IngridBetancourt, desencadeou uma polêmica no país por causa de seurisco e provável ineficácia. As Farc mantêm sequestradas 40 pessoas com finalidadepolítica, com a intenção de trocá-las com o governo por 500guerrilheiros presos. "Convidamos o povo colombiano a formar um grupo de 1.000voluntários dispostos a caminhar até San José del Guaviare, e apartir dali realizar uma operação humanitária de resgate civildos sequestrados em poder das Farc", diz a convocatória,colocada na rede de relacionamentos Facebook. O texto prevê uma reunião dos voluntários no dia 13 dejunho na cidade de Villavicencio, para iniciar a caminhada comacompanhamento internacional e dos meios de comunicação, atéSan José del Guaviare, epicentro das recentes libertações desequestrados. (Reportagem de Luis Jaime Acosta)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.