Grupos humanitários lançam campanha de vacinação no Haiti

Programa visa o combate ao sarampo, à difteria e ao tétano; Cruz Vermelha e OMS estão à frente da iniciativa

Agência Estado,

08 de fevereiro de 2010 | 11h53

Grupos humanitários anunciaram nesta segunda-feira, 8, o lançamento de uma campanha emergencial de vacinação no Haiti para prevenir a disseminação de doenças como o sarampo, a difteria e o tétano.

 

VEJA TAMBÉM:
video Assista a análises da tragédia
mais imagens As imagens do desastre
blog Blog: Gustavo Chacra, de Porto Príncipe
especialEntenda o terremoto
especialInfográfico: tragédia e destruição
especialCronologia: morte no caminho da ONU
lista Leia tudo que já foi publicado

A campanha está sendo conduzida pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), pela Organização Mundial de Saúde (OMS), pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e pelo Ministério da Saúde do Haiti.

 

Por meio de um comunicado divulgado em Genebra, o CICV informa que a campanha se concentrará na capital, Porto Príncipe, por considerar mais elevado o risco de disseminação de doenças entre as vítimas do devastador terremoto de 12 de janeiro.

 

De acordo com o governo haitiano, o abalo sísmico de 7 graus na escala Richter provocou a morte de aproximadamente 200.000 pessoas. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.