Guerra do tráfico deixa vinte mortos no norte do México

Polícia encontrou 20 corpos mortos a tiros na mesma cidade; estado sofre com disputa de cartéis

Efe,

11 de junho de 2010 | 18h27

TAMAULIPAS, MÉXICO- Ao menos 20 pessoas foram assassinadas a tiros e seus corpos foram encontrados em vários lugares de Ciudad Madero, no estado mexicano de Tamaulipas, no Golfo do México, disseram nesta sexta-feira, 11, fontes oficiais.

 

Veja também:

linkAtiradores matam 19 pessoas em clínica de reabilitação no México

 

Um porta-voz da Procuradoria Geral de Tamaulipas disse à Efe que receberam reportes nesta manhã de que foram encontrados 20 corpos em quatro áreas da cidade, todos mortos por tiros.

 

Ele detalhou que os primeiros seis cadáveres, com sinais de tortura e disparos na cabeça, foram localizados no bairro de El Chipús. No bairro Francisco I. Madero, foram encontrados mais quatro corpos.

 

No bairro Talleres, três cadáveres foram localizados, outros três na colônia Hidalgo e, depois de uma ligação anônima sobre outros assassinados, a polícia descobriu outros quatro corpos no bairro Lucio Blanco, o que elevou a cifra de mortos a 20.

 

Tamaulipas, estado que faz fronteira com o Texas, nos Estados Unidos, é a sede co cartel do Golfo, que atualmente está em guerra contra seu antigo braço armado, o grupo dos Zetas, pelo controle do território e das rotas de tráfico de drogas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.