Helicóptero com ajuda humanitária cai no Peru e fere 7 pessoas

Aeronave caiu sobre um mercado popular na cidade de Ica, a 300 km de Lima, a mais afetada pelo terremoto

Efe,

17 de agosto de 2007 | 19h32

Sete pessoas ficaram feridas na queda de um helicóptero que levava ajuda humanitária para as vítimas do terremoto que assolou o litoral peruano na noite de quarta-feira, 15.  Veja também:  Câmeras flagram momento do abalo  Vítimas do terremoto são veladas nas ruas Peru pede ajuda internacionalMoradores de Pisco tomam caminhões Tremor de 5,5 graus gera alarme entre vítimas Exército peruano combate vandalismoONU alerta para aumento do número de vítimas Os piores terremotos na América Latina Galeria de fotos do desastre   O aparelho da Força Aérea do Peru caiu sobre um mercado popular em de Ica, 300 quilômetros ao sul de Lima, às 16h50 hora local (18h50 em Brasília). A cidade está entre as mais afetadas pelo tremor no país.  O chefe do Instituto Nacional de Defesa Civil, Luis Felipe Palomino, disse à Efe que os ferimentos das vítimas são leves. Entre elas estão um cinegrafista e um fotógrafo do órgão. Os feridos foram atendidos em um hospital de Ica, acrescentou Palomino. O helicóptero voava de Pisco para Ica, uma distância de 70 quilômetros. Elas foram as duas cidades mais afetada pelo tremor de 8 graus na escala Richter que na quarta-feira deixou pelo menos 500 mortos e 1.500 feridos no país.

Tudo o que sabemos sobre:
TerremotoPeru

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.