Homossexuais se casam na Argentina após aprovação de nova lei

Vários casais homossexuais se casaram nesta sexta-feira na Argentina, depois que o Congresso aprovou há duas semanas uma lei permitindo o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

REUTERS

30 de julho de 2010 | 15h13

O ator Ernesto Larresse e o representante Alejandro Vanelli se casaram em Buenos Aires depois de passarem mais de 30 anos juntos.

"Considero que essa é uma mudança para todos. Sinto que todos nós merecíamos essa lei... até as pessoas que pensavam que não era possível avançar neste país", disse Alejandro, em lágrimas.

"Espero que isso nos ajude a tratar dos temas a partir de outro lugar ", acrescentou.

A aprovação da lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo desatou uma polêmica na Argentina, especialmente porque permite também a adoção de crianças, e provocou uma forte reação da comunidade religiosa.

"À todas aquelas pessoas que têm medo, a todos os homofóbicos, não há nada a temer. Qualquer fobia se cura com amor, não tenham medo, o que vem é mais amor, mais liberdade, mais igualdade", disse Ernesto.

A Cidade do México é o único outro lugar na América Latina onde os homossexuais têm os mesmos direitos que casais heterossexuais para se casar e adotar filhos. O Uruguai permite que homossexuais adotem filhos, mas não se casar.

(Reportagem de Karina Grazina)

Tudo o que sabemos sobre:
ARGENTINAGAYS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.