Hugo Chávez é operado de emergência em Cuba

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, foi operado na sexta-feira de emergência em Cuba por um problema na pélvis, informou o chanceler Nicolás Maduro.

REUTERS

11 de junho de 2011 | 09h35

Segundo ele, Chávez, que estava se recuperando de um problema no joelho, foi submetido a exames e decidiu ser operado em Havana, ponto final de uma viagem que também o levou ao Brasil e ao Equador.

"Foram feitos os exames diagnósticos, que revelaram a existência de um abscesso pélvico", afirmou Maduro ao canal estatal de TV, lendo um comunicado.

Chávez começou a sentir dores durante uma reunião de trabalho entre Venezuela e Cuba.

"O procedimento médico foi realizado na manhã de hoje (sexta-feira, 10 de junho), na cidade de Havana, com resultados satisfatórios para a saúde do comandante Hugo Chávez, que está iniciando o processo de recuperação", acrescentou a nota oficial.

O chanceler afirmou que a equipe médica estima que em poucos dias o presidente venezuelano "estará em condições de voltar de maneira segura para a Venezuela".

No início de maio, Chávez, de 56 anos, anunciou que suspenderia uma viagem pela América Latina devido a dores no joelho.

(Por Deisy Buitrago e Andrew Cawthorne)

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELACHAVEZCIRURGIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.