Hugo Chávez: informações do WikiLeaks 'desnudam o império'

Depois da divulgação de milhares de documentos sigilosos do Departamento de Estado dos EUA, no site do WikiLeaks, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse na segunda-feira que o "império foi desnudado"

REUTERS

30 de novembro de 2010 | 10h22

Alguns dos documentos se referiam a "pressões na América Latina para tratar de isolar a Venezuela de Hugo Chávez", afirmou o presidente venezuelano.

"Uma das coisas demonstradas é o imenso esforço dos Estados Unidos para isolar a revolução bolivariana e este soldado, só que não conseguiram nem conseguirão", disse Chávez.

"O império foi desnudado (...) caiu a máscara, se é que ainda tinham alguma", acrescentou o líder socialista.

Chávez é o mais ferrenho crítico dos Estados Unidos na América Latina.

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELACHAVEZWIKILEAKS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.