Hugo Chávez teve uma infecção respiratória, diz governo da Venezuela

Autoridades do país romperam 2 dias de silêncio sobre a saúde do presidente para fazer anúncio

Rodrigo Cavalheiro, enviado especial de O Estado de S.Paulo

18 de dezembro de 2012 | 22h20

CARACAS - O governo venezuelano rompeu na noite desta terça-feira, 18, dois dias de silêncio sobre a saúde do presidente Hugo Chávez para anunciar que o líder bolivariano teve uma infecção respiratória na segunda-feira e está em condição "estável". Segundo o ministro da Comunicação, Ernesto Villegas, Chávez deve "guardar repouso absoluto" nos próximos dias.

 

Nesta terça, Adán Chávez, governador reeleito no domingo, afirmou que embarcaria para Cuba. O anúncio da viagem foi feito ao jornal governista Correo del Orinoco, segundo o qual o pai e a mãe do presidente também viajariam para Havana. Chávez foi operado há oito dias pela quarta vez em um ano e meio, em razão de um câncer pélvico.

Tudo o que sabemos sobre:
Hugo ChávezVenezuela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.