Humala com 70% de aprovação após eleição presidencial no Peru

O presidente eleito do Peru, Ollanta Humala, tem 70 por cento de aprovação duas semanas depois de ter vencido as eleições, e uma maioria acredita que ele terá um governo ao estilo do ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, mostrou uma sondagem divulgada no domingo.

REUTERS

19 de junho de 2011 | 15h37

Humala, um nacionalista e militar reformado que moderou seu discurso radical de esquerda antes dos comícios, venceu a conservadora Keiko Fujimori com 51,4 por cento dos votos em pleito realizado no início deste mês.

Na primeira pesquisa de opinião após as eleições, 78 por cento dos entrevistados disseram considerar que o mandatário eleito fará um governo regular ou bom a partir de 28 de julho, quando assumirá as rédeas do país por cinco anos, informou a empresa Ipsos Apoyo em sondagem publicada no jornal El Comercio.

Durante a campanha eleitoral, Humala pregou sua admiração pelo modelo econômico brasileiro e se distanciou do presidente venezuelano Hugo Chávez, cujo apoio em 2006 lhe custou o fracasso em sua primeira tentativa de vencer a disputa presidencial.

O presidente eleito, de 48 anos, prepara agora sua segunda viagem pela América do Sul após as eleições no Peru, um grande produtor de matérias-primas que registra há alguns anos um forte crescimento econômico. Humala visitará na terça-feira o presidente da Bolívia, Evo Morales, e a partir de 28 de junho irá a Equador, Colômbia e Venezuela. Em sua primeira viagem, que durou uma semana, ele esteve no Brasil, Paraguai, Uruguai, Argentina e Chile.

(Reportagem de Marco Aquino)

Tudo o que sabemos sobre:
PERUHUMALAAPROVACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.