Identificado um dos 68 passageiros de avião que caiu em Cuba

Mexicano não teve identidade revelada; além dele, havia mais 27 estrangeiros no voo

AP,

12 de novembro de 2010 | 22h43

CIDADE DO MÉXICO- Um dos sete mexicanos reportados como parte das 68 vítimas de um acidente aéreo em Cuba já foi plenamente identificado, informou a chancelaria cubana nesta sexta-feira, 12.

 

As autoridades já notificaram os familiares do mexicano para proceder com a repatriação do corpo, de acordo com um comunicado da Secretaria de Relações Exteriores que não informa a identidade da vítima.

 

A identificação foi feita no Instituto de Medicina Legal de Havana, que notificou as autoridades mexicanas.

 

Segundo a chancelaria, uma bióloga geneticista da Procuradoria Geral da República viajou a Havana para entregar mostras de DNA aos especialistas cubanos.

 

O avião da companhia aérea cubana com 68 pessoas entre passageiros e tripulantes a bordo caiu em 4 de novembro.

 

Entre as vítimas, havia 28 estrangeiros, incluídos os sete mexicanos.

Tudo o que sabemos sobre:
Cubaaviãoacidentecadáver

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.