Imprensa cubana destaca 'êxito' de Hugo Chávez no Twitter

Segundo veículos, venezuelano conquistará espaço para a esquerda nas redes sociais

estadão.com.br

30 de abril de 2010 | 16h20

HAVANA - O êxito do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, na rede social de microblogs Twitter foi destaque na imprensa cubana nesta sexta-feira, 30, que considerou que o venezuelano pode "marcar um ponto" a favor da esquerda nas novas mídias, segundo informações da agência AFP.

 

"O fenômeno da conta do presidente Chávez no Twitter é um feito nas redes sociais e pode marcar um ponto para a correlação de forças nestes espaços, que pareciam exclusivos das forças de direita", informou o site Cubadebate.

 

A conta @chavezcandanga conseguiu "mais de 85 mil seguidores em suas primeiras 24 horas" de existência - foi aberta à meia-noite da terça-feira - e agora tem mais de 130 mil, o que representa um "acontecimento histórico" e um "fenômeno sem precedentes na internet de língua espanhola", acrescentou o site. O programa de televisão Mesa Redonda também ressaltou a iniciativa de Chávez, assim como outras agências gerenciadas pelo governo.

 

O Cubadebate destacou que Chávez segue "somente cinco usuários" no Twitter, entre eles o @reflexionfidel, que difunde os artigos do líder cubano Fidel Castro desde 2007. Chávez considera Castro como seu "pai ideológico".

 

Os outros perfis que o venezuelano segue são o de seu partido, o Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), o do ministro de Obras Públicas, Diosdado Cabello, o de um jornal venezuelano e o do ministro do Interior, Tarek El Aissami.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.