Indígenas festejam declaração da ONU em planalto boliviano

Delegações de uma dezena depaíses americanos festejaram na quinta-feira, nas imponentesruínas pré-colombianas de Tiwanacu, em um planalto boliviano, arecente aprovação da Declaração Universal dos Direitos dosPovos Indígenas. O presidente boliviano Evo Morales e a guatemalteca prêmioNobel da Paz Rigoberta Menchú lideraram a celebração, durante aqual os índios apresentaram oferendas de agradecimentos ao sole à Pachamama (mãe terra), considerados deuses das tradiçõesandinas. A visita a Tiwanacu, a 70 km a oeste de La Paz, aconteceuno segundo dos três dias de celebrações organizadas pelogoverno de Morales, que quer converter em lei a declaração afavor dos indígenas aprovada no mês passado pelas NaçõesUnidas. "Este é o início da verdadeira luta dos povos indígenas",disse Menchú, ao homenagear os líderes que lutaram no passadopelo reconhecimento aos direitos dos habitantes originais daAmérica. Na sexta-feira haverá mais um ato com Morales erepresentantes indígenas na região produtora de coca deChapare, sua base política sindical. (Por Sergio Burgoa e Carlos Alberto Quiroga)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.