Itamaraty parabeniza Colômbia por sucesso no resgate de reféns

Governo brasileiro diz esperar que libertações unilaterais das Farc tragam 'novas perspectivas' para paz no país

da Redação, estadao.com.br

05 de fevereiro de 2009 | 18h27

O governo brasileiro parabenizou nesta quinta-feira, 5, a Cruz Vermelha e a Colômbia pelo sucesso no resgate aos seis reféns que as Forças Armadas Revolucionárias (Farc) soltaram unilateralmente nesta semana. Em nota, o Itamaraty disse esperar que as libertações - para as quais o País forneceu helicópteros e apoio de pessoal - tragam "novas perspectivas para o processo de paz e reconciliação de todos os colombianos." Veja também:Libertado Sigifredo López, último refém político das FarcApós libertações, Uribe diz que não se deixará enganar por Farc Alan Jara acusa Uribe de não fazer nada por reféns das FarcCronologia dos sequestrados das Farc Por dentro das Farc Histórico dos conflitos armados na região  Jornalistas analisam participação do Brasil  Veja abaixo o comunicado na íntegra: "A pedido do Comitê Internacional da Cruz Vermelha e com a anuência do Governo da Colômbia, o Governo brasileiro prestou apoio logístico, por meio da cessão de helicópteros e tripulações militares, às operações de libertação, em território colombiano, de seis reféns que se encontravam sequestrados pelas FARC. O Governo brasileiro transmite aos recém libertados os mais calorosos cumprimentos neste momento de reconquista da liberdade e de reencontro com seus familiares, e congratula-se com o Governo colombiano e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha pelas ações que possibilitaram o êxito da missão humanitária. O Governo brasileiro manifesta a expectativa de que essa iniciativa bem-sucedida dê ensejo à libertação de todos os sequestrados que permanecem ainda distantes de seus familiares, e possibilite novas perspectivas para o processo de paz e reconciliação de todos os colombianos. O Ministro das Relações Exteriores da Colômbia, Jaime Bermúdez, telefonou hoje ao Ministro Celso Amorim para agradecer, em nome do Governo colombiano, a ajuda prestada pelo Brasil nas operações de libertação dos reféns."

Tudo o que sabemos sobre:
FarcColômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.