Lesão extirpada de Fujimori é cancerígena, diz filha

Um exame médico revelou que a lesão bucalextirpada do ex-presidente peruano Alberto Fujimori "é denatureza cancerígena", disse a filha mais velha dele nestasexta-feira. Fujimori, de 69 anos, enfrenta um julgamento por acusaçõesde abuso dos direitos humanos e corrupção durante seu governoentre 1990 e 2000. Fujimori permanece internado no Instituto Nacional deEnfermidades Neoplásicas (INEN) de Lima, enquanto se recuperade uma operação devida a uma leucoplasia, um transtorno dasmembranas mucosas da boca que em alguns casos resulta emcâncer. "Os médicos nos explicaram que a leucoplasia extirpada é denatureza cancerígena", disse a parlamentar Keiko Fujimori,filha mais velha do ex-presidente, em entrevista coletiva. (Por María Luisa Palomino)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.