Líder indígena peruano se lança candidato a presidente

O líder indígena peruano Alberto Pizango, que representa tribos que entraram em conflito com o governo no ano passado por causa da exploração de recursos naturais, disse na quinta-feira que irá concorrer à Presidência do país em 2011.

REUTERS

18 de novembro de 2010 | 19h56

Ele está sendo processado por instigação aos protestos de junho de 2009, que deixaram 33 índios e policiais mortos e se tornaram a pior crise na Presidência de Alan García, cujo mandato termina em julho de 2011.

Após o conflito, Pizango passou vários meses asilado na Nicarágua, alegando ser vítima de perseguição política no Peru.

"Nesta manhã vou assumir um compromisso enorme e prometo, juro, por nossos grandes espíritos ancestrais (...) minha vontade de levar com honra esta representação", disse Pizango, vestindo um cocar com penas vermelhas e amarelas, após um ritual indígena num local no centro de Lima.

Pizango disse que sua candidatura deve ser referendada pelo movimento político Aliança para a Alternativa da Humanidade.

(Reportagem de Patricia Vélez)

Tudo o que sabemos sobre:
PERUINDIGENAPIZANGO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.