Líderes de Chuquisaca convocam referendo na Bolívia

Opositores querem que população do departamento defina, como Santa Cruz, se quer um regime autônomo

Efe,

30 de agosto de 2008 | 20h15

Os líderes opositores do departamento boliviano de Chuquisaca convocaram neste sábado, 30, um referendo sobre autonomias para 30 de novembro, informou o presidente do Comitê Cívico dessa região, John Caba. Caba disse à Agência Efe que a realização da consulta foi aprovada nesta manhã pelo Conselho Departamental de Chuquisaca, cuja titular, Savina Cuéllar, deve promulgar o processo nas próximas horas. No dia 30 de novembro, a população desse departamento definirá se deseja ou não um regime autônomo em uma consulta similar à já feita em julho de 2006, quando essa opção foi rejeitada pela população. No entanto, os líderes de Chuquisaca têm certeza de que desta vez a população aprovará majoritariamente esse regime como já tinha acontecido antes nas regiões de Santa Cruz, Beni, Pando e Tarija. O dirigente cívico acrescentou que líderes regionais definirão depois dessa votação se avançam em direção à redação de alguns estatutos autonomistas como então fizeram as outras regiões citadas e que são conhecidas como a meia-lua. O governo de Evo Morales desqualificou os estatutos dessas quatro regiões porque, em sua opinião, foram aprovados em outros referendos ilegais realizados entre maio e junho. A consulta autônoma de Chuquisaca está prevista para daqui a uma semana antes da convocada pelo presidente Evo Morales para 7 de dezembro com o propósito de validar o projeto de nova Carta Magna, aprovada pela Assembléia Constituinte em 2007.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.