Alessandra Tarantino/AP
Alessandra Tarantino/AP

Lugo garante que não busca reeleição no Paraguai

Presidente afirma que só quer 'terminar bem' seu mandato em 2013

estadao.com.br,

11 de janeiro de 2010 | 15h14

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, assegurou nesta segunda-feira, 11, que não promove uma reforma constitucional para se reeleger e afirmou que seu único objetivo é terminar vem seu mandato em 2013, em suas primeiras declarações à imprensa após sua operação de próstata na sexta, informou a agência AFP.

 

"Nunca falei em reforma constitucional. Não estou interessado em reeleição. A única coisa que quero é terminar bem meu governo em 2013", disse o chefe de estado paraguaio a jornalistas nos jardins da residência presidencial.

 

Ainda assim, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, iniciou uma campanha para levar adiante a reforma constitucional para a reeleição de Lugo. Já a oposição, que tem maioria no Parlamento paraguaio, promove uma campanha para levar o presidente a julgamento por supostas irregularidades administrativas.

 

Lugo está em repouso há cinco dias por conta da cirurgia à qual foi submetido na sexta-feira, classificada como "um sucesso" pelo médicos. "É uma operação que recomendo às pessoas da minha idade", disse o presidente de 58 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
LugoParaguaiAmérica Latina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.